Intervenções baseadas na função para comportamentos heterolesivos: uma revisão de literatura

Autores

  • Lívia Francielle de Almeida Menezes
  • Bruna Colombo dos Santos

Palavras-chave:

Transtorno do Espectro Autista, comportamento problema, análise funcional, comportamento heterolesivo

Resumo

 O TEA é um transtorno cujas características dominantes são déficits em comuni­cação social e padrões de comportamento e/ou interesses restritos. Pessoas com TEA podem apresentar problemas de comportamento. A Análise do Comportamento Aplicada propõe algumas intervenções que tem como objetivo redução desses problemas. Tais intervenções são realizadas após a identificação da função do comportamento problema, via análise fun­cional. O objetivo desse trabalho foi fazer uma revisão de artigos que apresentavam pro­cedimentos de intervenção, embasados pela análise aplicada do comportamento, utilizados para a redução de comportamentos heterolesivos em pessoas com transtorno do espectro do autismo (TEA) entre o período de 2001 a 2021. A partir dos critérios de inclusão estabeleci­dos foram selecionados 20 artigos no total, todos publicados no Journal of Applied Behavior Analysis (JABA). As topografias de comportamentos heterolesivos mais frequentes foram bater, chutar, empurrar, morder e beliscar. Os tratamentos que mais apareceram foram re­forçamento diferencial de resposta alternativa (DRA), na forma do treino de comunicação funcional (FCT) ou não, reforçamento não contingente (NCR) e extinção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-12

Como Citar

Menezes, L. F. de A. ., & dos Santos, B. C. . (2022). Intervenções baseadas na função para comportamentos heterolesivos: uma revisão de literatura. Perspectivas Em Análise Do Comportamento, 12(2), 405–418. Recuperado de https://www.revistaperspectivas.org/perspectivas/article/view/820

Edição

Seção

Artigos